Home / Deputados / Perfil de Tadeu Alencar
 
     
 
 Tadeu Alencar    • • • •    Perfil   |   Notícias   |   Artigos   |   Fotos   |   Vídeos   |   Áudios
 
27/07/2018
Tamanho
 

Aquarela
Por Tadeu Alencar

Chico Ferreira   
 

A estrada me fascina. Cruzando, em todas as direções, o Estado de Pernambuco, pego-me, muitas vezes, concentrado na paisagem, absorto pela miríade de matizes e relevos que saltam à frente dos olhos, à medida que o dia avança ou que o dia morre e a noite nasce esplendorosa. Ora é uma cadeia de serras o que vejo, uma mata inesperada, lagos que refletem o céu, de tão cintilantes, pastagens, formações como a do Vale do Catimbau, que inebriam os sentidos.

Se é madrugada a hora, vejo nuvens tímidas, fluidas, inseguras, atravessadas por uma luz diáfana de tons vacilantes, etéreos, como se o alvorecer equivalesse à infância das coisas, com suas bochechas aveludadas, tons esmaecidos, suaves, induzindo quase à flutuação. Se eu pudesse pintar um quadro do dia nascendo, arrancado do ventre das montanhas, não escaparia às cores trêmulas, borradas por uma miopia ilusória, a beleza percorrendo o seu labirinto impressionista. Mais ao correr do dia, as cores ganham uma intensidade jovial, como o rosto de um adolescente. As cores, mais firmes, se acentuam, mas ainda sem personalidade plena, o corpo desengonçado, o olhar furtivo, à míngua de um rubro veio a sugerir a maturidade da lavra.

Quando dia alto, pelas estradas que cortam a geografia rebelde de Pernambuco, a paisagem ganha ares de definição, a luz intensa banha a nitidez do horizonte. Não há nuanças, meios-tons, entretons. A aquarela em seu esplendor. A paisagem e sua consagração coroada, desabrochadas todas as suas virtudes,  o riso solto como um pássaro que reaprendeu a voar, como se o dia, só porque açoitado pela vertigem das horas, tivesse espantado os tremores das vacilações, os suores dos medos. É a melhor hora para a observação os cristais líquidos que adornam o colo das águas, as gaivotas brancas como os lençóis sem pecado, sobrevoando aquela imagem suspensa pela abstração. 

Com o entardecer, como o ciclo da vida sempre tem lá seus recomeços, voltam os tons diluídos, como se a intensidade convidasse a um recolhimento monástico da natureza. O entardecer tem muito da policromia cambiante do nascer do dia, mas experimentada pelo dia decorrido, que lhe deu a experiência do sol viril. Depois, a noite com o céu estrelado. De lado e à frente nada se vê que valha a pena, senão o asfalto sem encanto. É a hora de mover os olhos para as estrelas estradas que desde menino me fascinaram, mesmo antes de conhecer as estradas de verdade.

 
 

27/07/2018
Aquarela
  Por: Sérgio Francês / Chico Ferreira
 
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.