14/12/2016
Tamanho
 

Comissão aprova PL que inscreve Miguel Arraes no Livro dos Heróis da Pátria

Divulgação   
Miguel Arraes completa 100 anos de nascimento esta semana
 

A Comissão de Cultura aprovou, nesta quarta-feira (14), o Projeto de Lei nº 6101/16, que inscreve o nome de Miguel Arraes de Alencar no Livro dos Heróis da Pátria. A matéria foi apresentada em 12 de setembro pelo líder em exercício do PSB, deputado Tadeu Alencar (PE), e toda a bancada socialista. O livro se encontra no Panteão da Pátria e da Liberdade, Tancredo Neves, em Brasília. Esta semana a Câmara deu início às comemorações do centenário de nascimento de Arraes, com diversas solenidades e exposições. 

Para o líder socialista, Miguel Arraes de Alencar é um dos políticos e personalidades que mais deixam saudade. “Pelo exemplo de vida, pela sua luta por justiça social e pelo seu ideário nacionalista e popular, representa, sobretudo, o combate às desigualdades que injustamente punem os brasileiros. Sua vida inteira foi um tributo ao povo”, afirmou Tadeu Alencar.

A sua coragem, a resistência democrática à ditadura e o enfrentamento às forças conservadoras que secularmente querem manter os seus privilégios e os das elites dominantes o transformaram no principal líder popular da história recente do Brasil. “Merece, portanto, com justa razão, afinado com os valores libertários que é o maior patrimônio do Estado de Pernambuco e da pátria brasileira, figurar nessa relevante galeria dos heróis nacionais”, completou.

No livro já pontificam personalidades como a 1ª presa política do País, Bárbara de Alencar, ancestral de Miguel Arraes, bem como heróis das revoluções que incendiaram o fervor republicano, como Frei Caneca e Domingos José Martins, na Revolução Pernambucana de 1817, além de heróis da Restauração Pernambucana em 1654, além do escritor, jornalista, diplomata e deputado abolicionista, Joaquim Nabuco e o contemporâneo de Arraes, de luta pela redemocratização e de exílio, Leonel de Moura Brizola.

“A tirar pela história e a vida desses ilustres brasileiros e de muitos outros que figuram como heróis nacionais, em verdade, em verdade, esse panteão cuida-se dos guerreiros nacionais, homens de luta e de fé num Brasil livre, soberano, justo e de igualdade de todos perante a lei. São características que cabem como uma luva na história e na vida de Miguel Arraes”, encerrou Tadeu Alencar.

O PL segue para votação na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e, em seguida, para aprovação dos deputados no Plenário da Câmara.

Rhafael Padilha
 
Mais notícias sobre Cultura
17/05/2017 - Comissão aprova Projeto que institui o Dia Nacional do Ciclista
03/05/2017 - Comissão aprova inscrição do nome de Dom Hélder Câmara no Livro dos Heróis da Pátria
15/03/2017 - João Coutinho debate propostas e pede rapidez na regulamentação da vaquejada
14/12/2016 - Comissão aprova PL que inscreve Miguel Arraes no Livro dos Heróis da Pátria
18/02/2016 - José Stédile prestigia pré-estreia de documentário Leitores Sem Fim
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.