20/04/2017
Tamanho
 

Dia Nacional do Perdão fará parte do calendário com aprovação do PL de Keiko Ota

Sérgio Francês    
“A Paz é o estado original do ser humano em seu aspecto real
 

Foi sancionado, nesta quarta-feira (30), pelo presidente Michel Temer, o Projeto de Lei nº 6.128/2013 da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP) que institui no calendário das efemérides nacionais (memorial diário) o Dia Nacional do Perdão, a ser comemorado anualmente no dia 30 de agosto. “Há datas que têm como objetivo promover uma reflexão crítica acerca de determinados problemas sociais que afligem a sociedade brasileira”, lembrou a socialista.

A fim de promover a cultura de paz no Brasil, depois de anos de discussão, o PL foi aprovado com a conclusão de que atuará como proposta de reflexão da sociedade brasileira a respeito do perdão. Além de ressaltar a luta dos diversos movimentos sociais e familiares por justiça como é o caso da União em Defesa das Vítimas de Violência.

Segundo a deputada Keiko Ota, o acúmulo frequente de problemas sociais desencadeia uma série de atos violentos. Isso faz com que a população esteja mais propensa à intolerância, à impaciência, a revolta e a outros males que acabam por fomentar um estado de violência. A retenção de mágoas, rancores e desesperanças é particularmente perigosa para o bem-estar coletivo. O caminho para superar essas situações é incentivar e cultivar o exercício e a prática do perdão.

A parlamentar Keiko Ota lembra que perdoou os que causaram a morte do seu filho Ives Ota,  sequestrado e brutalmente assassinado aos oito anos de idade. “A atitude de perdoar depende de cada indivíduo. Ao instituir este dia, daremos oportunidade a todos para perdoar as pessoas que tiveram algum conflito passado, além de resgatar o amor ao próximo”, ressaltou.

O ritmo alucinado da vida moderna e as dificuldades nos relacionamentos interpessoais, intensificados pela presença da violência no dia-a-dia da população, contribuem para o notório aumento do volume de consultas, tratamentos e até internações de pessoas que sofrem com sintomas de depressão, estresse, doenças cardiovasculares, entre outras.

“A paz é o estado original do ser humano em seu aspecto real. Incentivar a busca dessa natureza verdadeira não é tarefa limitada às filosofias ou religiões. Deve ser a prioridade dos governos no estabelecimento de políticas públicas nas áreas da educação, da saúde, do esporte, da cultura e do lazer”, concluiu Keiko emocionada.

Mariana Fernandes
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.