19/04/2017
Tamanho
 

Júlio Delgado pede que Polícia Federal investigue quem patrocina o jogo Baleia Azul

Divulgação   
 

No último mês, os brasileiros enfrentam mais uma preocupação, a disseminação do jogo Baleia Azul – atividade virtual com 50 desafios, sendo que o último estimula o jogador a se matar. A prática, que atinge principalmente os jovens, também incita a automutilação.

No Plenário, nesta terça-feira (18), o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) mostrou preocupação com o jogo e pediu que a Polícia Federal, com os meios de investigação pelas redes sociais, descubra quem patrocina esta prática e como o jogo chegou ao Brasil. “Há grande preocupação com a população jovem, que a cada dia está mais inserida nas redes sociais e no mundo virtual. Não podemos aceitar que jovens e adolescentes percam suas vidas.”

De acordo com o socialista, na última semana, dois jovens morreram vítimas do Baleia Azul. “O jogo coloca os adolescentes em tal grau de comprometimento que não conseguem saír”, lamentou Delgado.

Baleia Azul – O jogo começou na Rússia, em 2015, e se espalhou por toda a Europa, vitimando mais de 130 adolescentes. Os 50 desafios devem ser cumpridos diariamente e chegam por meio de mensagens do whatsapp, facebook ou outros aplicativos da internet. As tarefas em alguns casos são simples, como desenhar uma baleia no papel, até mais críticas, como cortar os lábios ou furar a palma da mão. A 50ª tarefa sempre é o suicídio. A maior preocupação é que se o jogador quiser desistir é ameaçado pelos administradores.

Andrea Leal
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.