13/06/2017
Tamanho
 

Comissão aprova requerimento de Rafael Motta sobre visibilidade do Pico do Cabugi

Chico Ferreira    
Parlamentar quer confirmar tese que o Brasil foi descoberto no RN
 

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou o requerimento nº 308/2017 do potiguar Rafael Motta (PSB), nesta terça-feira (13). O socialista quer informações do Ministro da Defesa, Raul Jungmann, sobre a visibilidade marítima do Pico do Cabugi, localizado no Estado do Rio Grande do Norte - RN. A intenção do parlamentar é confirmar a tese, que ganha cada vez mais força, de que o Brasil foi descoberto pelo estado do RN.

A tese é defendida por notáveis historiadores, que afirmam que o Brasil não foi descoberto em Porto Seguro, na Bahia, mas sim no município de Touros, na chamada “Esquina do Continente”. Recentemente, foi veiculado na imprensa nacional que a Marinha do Brasil teria confirmado que, do alto mar, vê-se o Pico do Cabugi e não o Monte Pascoal, na Bahia.

“Essa é uma verdade que muito interessa ao nosso Estado, com grandes reflexos culturais e turísticos, além de representar um ajuste necessário à nossa história e fazer justiça com o Rio Grande do Norte”, disse Rafael Motta.

Segundo o parlamentar, a antiga tese defendida pelo pesquisador potiguar Lenine Pinto, autor de dois livros sobre o assunto, fortalece o assunto. “Entre os argumentos utilizados, destaca-se que Pero Vaz de Caminha, ao descrever a descoberta, disse que a primeira coisa que viu foi um monte alto e redondo, que seria o Pico do Cabugi. O Monte Pascoal, por sua vez, é menor e seu cume é cortado”, explicou o socialista ao afirmar que é preciso que os livros de história do País conheçam a verdade.

Mariana Fernandes
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.