09/08/2017
Tamanho
 

Sessão solene marca homenagem ao sanitarista brasileiro Oswaldo Cruz

Chico Ferreira   
Odorico Monteiro foi autor do requerimento para a solenidade
 

A Câmara dos Deputados realizou, nesta quarta-feira (9), Sessão Solene em homenagem ao centenário de morte de Oswaldo Cruz. Autor do requerimento para a solenidade, o deputado Odorico Monteiro (PSB-CE) lembrou do trabalho realizado pelo cientista e sanitarista brasileiro e classificou sua força e sua coragem como eterna inspiração pela melhoria do Brasil. Odorico também protocolou projeto de lei que concede o título de Patrimônio Nacional da Saúde Pública à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A cerimônia contou com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, de autoridades, parlamentares e representantes da área da saúde.

“Não esmorecer para não desmerecer, dizia ele. E esse deve ser nosso lema, sobretudo nos tempos difíceis que enfrentamos”, destacou Odorico. Para ele, Oswaldo Cruz deixou o legado de que a determinação aliada ao conhecimento pode vencer barreiras e levar o País a grandes resultados na busca por saúde pública de qualidade. “A Fundação Oswaldo Cruz é um exemplo concreto de onde pode chegar a determinação, a dedicação para alcançar saídas para a saúde do nosso povo”, enfatizou o parlamentar que é médico e pesquisador da Fiocruz.

A Fundação mereceu destaque na fala do socialista ao afirmar que ela está à frente de grande desafio brasileiro, que é a redução da dependência no complexo produtivo da saúde. Odorico Monteiro enalteceu o trabalho realizado pela instituição. “Por sempre colocar ciência e tecnologia a serviço da redução das iniquidades sociais e do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) é que apresento hoje a proposta que dispõe sobre o título de Patrimônio Nacional da Saúde Pública. Mais do que um título, a honraria vai possibilitar a prioridade orçamentária na liberação de emendas parlamentares e preferência na obtenção de linhas de créditos públicos”, explicou.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia, ressaltou em mensagem lida no Plenário que a data deve ser encarada como símbolo do papel transformador que o conhecimento adquiriu nos tempos modernos. “Se nos inspirarmos no trabalho de Oswaldo Cruz, teremos mais chances de conduzir o Brasil ao desenvolvimento que queremos.”

Saúde no Brasil – A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, enfatizou a necessidade de que se tenha um Ministério da Saúde forte no País. E ressaltou o importante papel de Oswaldo Cruz na construção da saúde pública brasileira e do legado deixado por ele materializada na Fundação Oswaldo Cruz. “A Fiocruz é uma instituição estratégica de Estado. Ela é comprometida com a gestão democrática e participativa. Participou ativamente do processo de reforma sanitária, da visão da saúde como direito de cidadania e dever do Estado e do desenvolvimento do SUS.”

Nísia lembrou ainda que a homenagem traz a reflexão sobre o passado, mas os desafios do presente e os reflexos no futuro. “Somos uma instituição de pesquisa direcionada para o enfrentamento dos problemas de saúde. Isso é algo muito importante e nos une ao período de Oswaldo Cruz”, afirmou.

Formação – Oswaldo Gonçalves Cruz nasceu em 5 de agosto de 1872, em São Luís de Paraitinga, São Paulo. Ainda criança, mudou-se para o Rio de Janeiro. Aos 15 anos, ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e, em 1892, formou-se doutor em MedicinaE especializou-se em Bacteriologia no Instituto Pasteur de Paris, que reunia os grandes nomes da ciência na época.  Liderou uma revolução científica no Brasil com a medicina experimental, com a descobertas das origens de doenças e com a criação de vacinas. Sofrendo de crise de insuficiência renal, morreu na manhã de 11 de fevereiro de 1917, com apenas 44 anos de idade.

Exposição - Os caminhos percorridos pelo sanitarista está retratado na exposição Ciência e Saúde no Projeto Nacional, instalada no corredor de acesso ao Plenário da Câmara, até o dia 18 de agosto. 

 

Tatyana Vendramini
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.