04/10/2017
Tamanho
 

Socialistas participam do lançamento da campanha Outubro Rosa

Sérgio Francês    
Janete e Maria Helena representando a bancada feminina da Câmara
 

Nesta terça-feira (3), às 18h, luzes do Outubro Rosa se acenderam no Congresso Nacional. A iniciativa marca o início do mês que traz vários eventos alusivos ao combate do câncer de mama. A solenidade de abertura aconteceu no Salão Negro da Câmara dos Deputados, por iniciativa da Procuradoria Geral da Mulher e da Secretaria da Mulher na Câmara.

O câncer de mama ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no Brasil. Em 2017, são esperados 57.960 novos casos de câncer de mama, com risco estimado de 56,20 casos a cada 100 mil mulheres, e responde por 28% de todos os casos de câncer entre as brasileiras.

Membros na bancada feminina na Casa, as deputadas Janete Capiberibe (PSB-AP) e Luana Costa (PSB-MA) ressaltaram a importância da campanha como forma de difundir a prevenção e o tratamento da doença.

“Ainda perdemos muitas companheiras que são acometidas por esse câncer e que não têm acesso a prevenção. Esse Pais é muito grande e onde estão as mulheres ribeirinhas e do campo é difícil chegar a informação. Com isso, a nossa intenção, a cada ano, é fazer com que o poder público se disponha a oferecer o atendimento para essas mulheres de difícil acesso”, disse Capiberibe.

Para Luana Costa o movimento representa a preocupação do Congresso Nacional com a população. “Muitas mulheres não têm acesso ao tratamento, porque moram no interior do estado e precisam se deslocar até 800 km para os grandes centros. Temos a oportunidade de fazer uma grande campanha de mobilização.”

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 1,67 milhão de casos novos foram estimados para o ano de 2012, em todo o mundo, o que representa 25% de todos os tipos de neoplasias diagnosticadas nas mulheres.

Presentes no evento como integrantes da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CMULHER), as socialistas Keiko Ota (SP) e Maria Helena (RR) destacaram os benefícios do diagnóstico precoce.

“Tudo se trabalha na prevenção. O Outubro Rosa é um movimento forte, de conscientização, cheios de debates e tudo isso diminui esse câncer que tanto machuca as mulheres brasileiras”, disse Ota.

Maria Helena também lembrou do papel da mulher no lar. “Uma mulher é muito importante para a família. Essa campanha serve para que todas nós tenhamos consciência de que a prevenção pode salvar vidas.”

A Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer e a Comissão de Seguridade Social e Família organizaram, para esta quarta-feira (4), um seminário que debaterá a implementação da Lei 12.732/2012 – conhecida como Lei dos 60 Dias –, que determina prazo de até 60 dias, a partir do diagnóstico, para que pacientes com câncer iniciem o tratamento. O evento acontecerá às 14h, no Plenário 3. 

 

Mariana Fernandes
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.