06/06/2018
Tamanho
 

Projeto de Alessandro Molon institui o Dia de Combate à Poluição nos Oceanos

Sérgio Francês   
Deputado Alessandro Molon defende aprovação de Projeto
 

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) aprovou, nesta quarta-feira (6), o Projeto de Lei nº 7.844/17, de autoria do deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), que institui o Dia Nacional de Combate à Poluição nos Oceanos e Limpeza das Praias. A data será celebrada, anualmente, no dia 8 de junho. 
 
Segundo o autor, a instituição deste dia tem como objetivo possibilitar ampla reflexão crítica na sociedade sobre o problema da poluição nas praias e nos oceanos, em especial por resíduos sólidos plásticos. “A poluição nas praias por derivados de petróleo revela uma das consequências do atual modelo de produção e consumo das sociedades modernas e expressa o total descuido das populações com o descarte inadequado de resíduos entendidos como lixo”, lamenta.
 
De acordo com o artigo 1° da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, a poluição marinha é definida como a introdução pelo homem, direta ou indiretamente, de substâncias ou de energia no meio marinho. Essa poluição tem se tornado crescente ameaça aos ambientes costeiros e marinho por causa do aumento de materiais não degradáveis, principalmente material plástico. 
 
Outro dado mostra que entre oito e 12 milhões de toneladas de plástico ingressam nos oceanos todos os anos. Esse material é gerado tanto a partir de atividades marítimas quanto terrestres, como a pesca, o turismo e a precária gestão de resíduos. Embora a quantidade total no oceano seja desconhecida, o plástico já é encontrado em todo o mundo, inclusive nas regiões polares.
 
Estudos apresentados em 2015, durante o Fórum Econômico Mundial, na Suíça, estimam que, atualmente, haja mais de 150 milhões de toneladas de plásticos nos oceanos. Neste caso, se medidas não forem tomadas, estima-se que o oceano contenha uma tonelada de plástico para cada 3 toneladas de peixes em 2025 e, em 2050, mais plásticos que peixes.
 
No país, ações e estudos apontam que 10% dos resíduos que chegam aos oceanos são gerados por embarcações de grande e médio portes, como navios pesqueiros, cargueiros e de cruzeiros turísticos; 20% pela atividade turística nas praias e 70% pelo descarte inadequado de resíduos sólidos que alcançam os mares por meio da força dos ventos, rede pluvial, rios, riacho e córregos.
 
Molon explica que, diante desses dados e com o objetivo de contribuir com a sensibilização social e políticas públicas para a formulação de soluções para os problemas ambientais, a proposição visa a promoção de um amplo trabalho de educação para a sustentabilidade entre toda a população, e um novo pacto entre governo, indústrias, sociedade civil e demais tomadores de decisão. “O objetivo é promover a busca em conjunto de soluções que consigam criar cenários que favoreçam a diminuição do consumo de embalagens descartáveis, a economia circular e o uso racional dos bens naturais, além da proteção das praias e oceanos”, diz.         
 

Moreno Nobre
 
Mais notícias sobre Meio ambiente
17/10/2018 - Comissão aprova novos procedimentos para redução da emissão de gases do efeito estufa
06/06/2018 - Projeto de Alessandro Molon institui o Dia de Combate à Poluição nos Oceanos
23/05/2018 - Alessandro Molon é eleito presidente de Comissão que analisará Política de Redução de Agrotóxicos
14/03/2018 - Deputados socialistas participam de debate sobre Projeto que altera licenciamento ambiental
25/05/2017 - Socialistas gaúchos debatem qualidade da água do lago Guaíba, em Porto Alegre
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.