19/02/2019
Tamanho
 

Para JHC, recuperar a credibilidade do Legislativo é um dos desafios desta legislatura

Chico Ferreira/Lid. PSB   
JHC foi o deputado mais votado proporcionalmente no País
 

Parlamentar jovem, João Henrique Caldas, mais conhecido como JHC, chega para o seu segundo mandato na Câmara com mais de 170 mil votos, o mais votado do País, proporcionalmente. A coerência e a prestação de contas à sociedade são os motivos pelos quais ele acredita ter conquistado tantos votos. Um dos desafios para essa legislatura, em seu ponto de vista, será recuperar a credibilidade do Poder Legislativo. Além disso, ele defende a criação de um ambiente de liberdade e segurança jurídica para a inovação no País. Confira a entrevista na íntegra:
 
O senhor é um jovem parlamentar, apesar de estar no segundo mandato. Qual a importância de jovens parlamentares no Congresso Nacional? 
 
Mais importante do que "ser jovem", é manter uma "postura jovem", ou seja: não transigir com velhas práticas, como "toma lá, dá cá". É preciso estar aberto às novas ideias e abordagens sobre a política e a sociedade. Não adianta ser o que eu chamo de "novo da velha política".
 
Neste momento de renovação no Congresso, quais são os maiores desafios?  
 
Resgatar a credibilidade do Poder Legislativo. O Legislativo é o principal entre todos os poderes da República, funcionando como fator de equilíbrio institucional. É aqui – no Senado e, especialmente, na Câmara – que a sociedade deve ser e se sentir representada. O desafio é reduzir e acabar com a distância entre eleitos e eleitorado.
 
A sua eleição teve o maior número de votos do País, proporcionalmente. A que se deve esse número expressivo?
 
Para mim, o processo eleitoral não se encerra com a apuração de votos. Durante o mandato, é necessário manter coerência e sempre prestar contas à sociedade. Adotamos essa postura durante os últimos quatro anos e as pessoas perceberam isso. Na eleição em si, quando conversamos com alguém para colocar nosso nome à disposição, trazemos toda uma história de ações efetivas, lutas que encampamos e retorno que demos. Nosso eleitor sabe o motivo pela qual vota na gente e a forma de retribuir é trabalhar de maneira constante para tentar retribuir a confiança e fazer jus à responsabilidade.
 
Tecnologia e inovação são algumas de suas bandeiras de atuação. Quais as suas propostas para o setor?
 
Há uma máxima que gosto muito de usar: ou programaremos, ou seremos programados. Das dez marcas mais valiosas do mundo, oito são da área de tecnologia e sete estão nos Estados Unidos. Isso não é obra do acaso. É necessário criar um ambiente de liberdade e segurança jurídica para que se possa inovar. O papel do Estado é criar esse ambiente e, através da educação, gerar a mão-de-obra que possa ser absorvida por esse mercado. Atualmente existem mais de cinquenta milhões de indianos estudando programação, enquanto aqui no Brasil discutimos questões primárias, como a possibilidade de limitação à banda larga em um ambiente com pouca ou nenhuma competição. O desafio dessa legislatura, portanto, é descamar os olhos da política e da sociedade para que o país como um todo perceba que não podemos mais uma vez ficar a reboque da história.

Moreno Nobre
 
Mais notícias sobre Política
17/07/2019 - “A democracia está em risco”, afirma o deputado Alessandro Molon
19/02/2019 - Para JHC, recuperar a credibilidade do Legislativo é um dos desafios desta legislatura
13/02/2019 - PSB contribuirá com propostas qualificadas para Reforma da Previdência, afirma Tadeu Alencar
08/02/2019 - Deputado Rodrigo Agostinho chega à Câmara com promessa de política simples e transparente
05/02/2019 - Deputado Gonzaga Patriota sai em defesa do Nordeste e dos direitos do trabalhador
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.