14/08/2019
Tamanho
 

Em reunião da CPI, Elias Vaz afirma ver diversos indícios de irregularidade no BNDES

Sérgio Francês   
 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar a prática de ilícitos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) ouviu, nesta quarta-feira (14), o ex-presidente do frigorífico Independência, Roberto Russo. A empresa faliu em 2009 e de acordo com Russo o BNDES teve parcela de culpa.

O colegiado inquiriu o empresário a pedido do deputado Elias Vaz (PSB-GO). Entre 2007 e 2008 o frigorífico passou por uma crise econômica e apresentou proposta ao BNDES para fazer parte de seu capital. Neste período, segundo Russo, o Banco estava negociando com outros produtores de proteína animal, em especial com a JBS.

A instituição financeira aprovou a proposta do Independência com o aporte estimado de R$ 450 milhões previstos para agosto de 2018. No entanto, por força de suposta ausência de recursos, esses aportes foram divididos e atrasados e o total recebido foi de R$ 250 milhões. “Em delação premiada executivo da JBS afirmou que o investimento do BNDES na empresa resultaria em propina para determinado partido”, disse Russo. O empresário afirmou que o atraso no pagamento do Banco para seu frigorífico foi determinante para entrar em recuperação judicial.

Neste período, a JBS cresceu e se consolidou no mercado, ampliando sua internacionalização e adquirindo empresas menores e antigos concorrentes. Para Elias Vaz, este fato mostra que o BNDES teve comportamento distinto para empresas com a mesma realidade. “O fortalecimento de um processo de monopolização traz diversos malefícios para toda sociedade. A reunião de hoje fortalece vários indícios de irregularidades que já forma constatadas na CPI”, acrescentou o parlamentar.

Andrea Leal com Agência Câmara
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.