22/10/2019
Tamanho
 

Elias Vaz lamenta derramamento de petróleo no Nordeste e cobra ações compartilhadas do Governo

Chico Ferreira   
Elias Vaz participa de audiência na Comissão de Minas e Energia
 

A Comissão de Minas e Energia realizou audiência pública, nesta terça-feira (22), para debater o derramamento de petróleo cru no litoral do Nordeste brasileiro. O deputado Cássio Andrade (PSB-PA) foi um dos autores do requerimento para realização do debate, mas esteve ausente por compromissos de agenda no Estado.
 
O deputado Elias Vaz (PSB-GO) alertou para a gravidade do derramamento do petróleo, que pode afetar bastante a vida marinha. Para ele, existe certa falta de transparência nesses 50 dias em que a origem do petróleo ainda não foi descoberta. “É importante termos essas informações para sabermos com o quê estamos lidando e qual a intensidade desse problema”, alertou. 
 
Elias ressaltou que uma discussão como essa também não deve ser levada para o campo da ideologia e deve ser tratada como uma questão técnica. Saber, de fato, o que aconteceu é necessário para combater o problema de maneira eficiente e até como se preparar para esse desastre, já que não se sabe se o derramamento está perto de acabar ou não. “É uma realidade muito desfavorável para combater essa situação e até para se responsabilizar, pois é preciso saber quem são os culpados”, acrescentou. 
 
O socialista também cobrou do Governo ações compartilhadas com os estados e muncípios, acima de questões partidárias para tentar resolver o problema. “Nesse momento, nós não podemos ter picuinhas políticas porque um estado é de um governo diferente e não poder trabalhar junto. Isso é um absurdo, e não é isso que o povo brasileiro espera”, esclareceu.    
 

Moreno Nobre
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.