04/12/2019
Tamanho
 

Socialistas questionam ministro Marcos Pontes sobre os rumos da pasta

Dinho Souto   
 

A proposta de fusão das entidades Capes e CNPq, além do acordo bilateral para utilização da Base de Alcântara pelos Estados Unidos foram temas questionados nesta quarta-feira (4), pelos socialistas Bira do Pindaré (PSB/MA) e Alessandro Molon (PSB/RJ), no âmbito da sessão conjunta entre as comissões de Ciência e Tecnologia e de Cultura. Presente a audiência, o ministro de C&T, Marcos Pontes.

O deputado Bira questionou o ministro sobre o impacto do acordo entre o Brasil e os Estados Unidos para utilização da Base de Lançamento de Alcântara por aquele país. A preocupação do parlamentar é com as comunidades quilombolas que foram ameaçadas de serem retiradas de suas áreas. Ele enfatizou que em nenhum momento os quilombolas foram informados sobre o impacto do acordo na permanência na área.

Bira indagou o ministro sobre o momento em que o governo brasileiro dará alguma satisfação aos quilombolas. “Como as comunidades serão ouvidas. Como na prática isso vai acontecer. Não há nenhuma restrição pela comunidade quilombola de funcionamento da base. Pelo contrário, eles até apoiam e querem que funcione. A grande preocupação é com a expulsão das comunidades de seus territórios. Essa é a questão central”, reiterou Bira.

Fomento à ciência – Outro tema abordado na audiência foi a fusão das entidades Capes e CNPq. Presente na sessão, o socialista Alessandro Molon (PSB/RJ) criticou a intenção do Governo de criar uma agência que agregue as duas entidades.

Molon citou o governo Collor que à época teve a mesma atitude e o resultado foi desastroso. “O Brasil não tem agências de fomento demais. Ele tem agência de fomento de menos. Os Estados Unidos da América, país tão admirado pelo presidente da República, têm dez agências de fomento. Então, porque não copiar as coisas boas de um país que é tão admirado pelo presidente”, questionou.

Ministro – Em relação aos questionamentos do deputado Bira do Pindaré sobre as comunidades de quilombola, o ministro Marcos Pontes garantiu que o acordo é apenas de uma permissão para os Estados Unidos utilizarem o Centro de Lançamento. Entretanto, o acordo não terá nenhum impacto nas comunidades quilombolas. Em relação à fusão dos conselhos, o ministro não confirmou a informação, mas reconheceu a importância tanto do CNPq quanto da Capes para o desenvolvimento do País.

 

Fabrício Francis
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.