03/09/2020
Tamanho
 

Socialistas promovem audiência para debater a dificuldade na concessão de benefícios pelo INSS

   
 

Sem auxílio emergencial, os pequenos agricultores rurais têm passado por dificuldades durante a pandemia provocada pelo coronavírus. A situação tem se agravado com a recusa por parte do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) em avaliar pedidos de benefícios previdenciários rurais negados. Dessa forma, parlamentares e representantes da agricultura familiar promoveram, nesta quinta-feira (3), audiência pública para debater a situação desses benefícios.
 
Os socialistas Vilson da Fetaemg (PSB/MG), um dos organizados do evento, Heitor Schuch (PSB/RS) e Bira do Pindaré (PSB/MA) destacaram as necessidades dos pequenos produtores e a falta de sensibilidade do INSS no indeferimento dos pedidos de aposentadoria.
 
Para Vilson, é preciso achar uma solução para as demandas desses segurados. "Precisamos avançar nessa situação dos benefícios, seja a aposentadoria, o auxílio doença, salário maternidade. Queremos que o governo apresente as soluções para as solicitações apresentadas", destacou.
 
Para Bira do Pindaré, é preciso entender o que está acontecendo na estrutura do INSS. "Por que os direitos não estão sendo respeitados sobretudo em momentos de pandemia? As pessoas estão enfrentando dificuldades. O Governo não autorizou o auxílio emergencial para a agricultura familiar e ainda persegue essa população que é extremamente prejudicada. Vamos continuar a fazer a nossa parte para que esses direitos sejam respeitados", reforçou.
 
O também socialista Heitor Schuch avaliou  que os objetivos foram cumpridos pela audiência e que agora é preciso dar um prazo para que os representantes do governo encontrem soluções para as demandas apresentadas. "Fomos eleitos justamente para resolver problemas. Ficaremos em alerta para as respostas do INSS", explicou Schuch.
 
Governo - O secretário de Previdência, Narlon Gutierre Nogueira, argumentou que, em função da pandemia provocada pelo coronavírus, o funcionamento das agências do INSS foi alterado. "Suspendemos o atendimento presencial seguindo as recomendações das autoridades de saúde. Com isso, aprovamos uma portaria para agilizar a concessão do auxílio doença, por exemplo", citou. Nogueira disse ainda que o órgão está passando por alterações no atendimento. O secretário explicou que outras ações foram tomadas para agilizar as demandas citadas na audiência pública. 

Fabrício Francis
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.